Publicado em: 27/11/2018

Dono dos restaurantes Oro e Pipo, Felipe Bronze é o único carioca entre os cem melhores chefs do mundo. Ele ocupa, desde domingo, o 67º lugar no ranking da revista francesa Le Chef, atráz do paulistano Alex Atala, do D.O.M e do Dalva e Dito, que está 44ª posição. O primeiro lugar ficou com o francês Arnaud Donckele, do hotel La Résidence de La Pinède.

Surpreso com a notícia, Bronze comemora o resultado: “Em um momento tão dificil como este que vive o Rio de Janeiro, fazer parte de um ranking tão seleto tem um valor especial”, diz o chef, duas estrelas Michelin. “Além de o reflexo de muitos anos de trabalho, 2018 tem sido muito generoso comigo. Entrei para o ranking da Le Chef, ganhei minha segunda estrela com o ORO e em duas semanas inauguro o Pipo de São Paulo, no Museu da Imagem do Som”.

Recém contratado da TV Record, Bronze assume um desafio ainda maior em 2019. Estará à frente do “Top Chef”, versão gastronomica do “Big Brother”, com cozinheiros confinados em uma casa cumprindo desafios propostos por Bronze.

Os dois outros programas de TV apresentados pelo chef, “The Taste Brasil” e “Que seja Doce”, continuarão em cartaz no GNT.