Publicado em: 08/11/2018

O Setor de Bares e Restaurantes do Rio de Janeiro teve em Setembro o melhor resultado do ano.

 

Confira os destaques e uma breve análise:

– No Brasil, foram criados 6.148 novos empregos no setor em setembro. Assim, o país acumula no ano fechamento de 7.116 postos de trabalho.

–  O Rio de Janeiro, por sua vez, foi a segunda capital que mais gerou postos de trabalho formais no setor de Bares e Restaurantes no país (+554). Esse foi o melhor resultado para a cidade no ano. Ainda assim, em 2018 foram fechadas 1.146 vagas de emprego na cidade – o Rio de Janeiro é a segunda capital que mais fecha postos de trabalho.

 – Barra da Tijuca (+155), Tijuca (+125) e Centro (+95) foram os bairros da capital fluminense que mais geraram empregos no mês.

 – No ano, Glória (+132), Galeão (+121) e Botafogo (+96) são os principais destaques positivos.

– recolhimento de ICMS do total das atividades aumentou 1,2% no estado no Rio, na comparação com o mesmo período do ano anterior. No que diz respeito à atividade de Bares e Restaurantesa arrecadação de ICMS avançou 7,7%, após seis meses consecutivos de queda.

– No acumulado do ano, a arrecadação de ICMS do total das atividades avança 8,4%, enquanto da atividade de Bares e Restaurantes apresenta queda de 1,7%.

– Inflação: Na região metropolitana do Rio de Janeiro, o IPCA-RJ variou +0,38% em setembro, resultado acima do registrado em agosto (-0,38%).  As principais contribuições positivas para o desempenho do índice no mês vieram do grupo Transportes (+1,28%, ante -1,47%) e da Saúde e Cuidados Pessoais (+0,56%, ante +0,67%), mesmo com a sua desaceleração frente ao mês anterior. O grupo Alimentos e Bebidas (-0,06%, ante -0,80%) apresentou a maior influência negativa para o índice no mês. No acumulado dos últimos 12 meses até setembro, o IPCA-RJ registrou variação de +4,62%, acima do registrado em agosto (+4,36%).